Recupere a autossegurança

Este post é sobre a primeira semana do programa “Manual da criatividade”, baseado no livro “O caminho do artista”. Para entender todo o funcionamento clique aqui.

A primeira semana serve para recuperarmos a segurança em nós mesmas. Então devemos lembrar que a artista que existe dentro de nós é uma criança que está começando, e não devemos dar ouvidos ao perfeccionismo.

Nossa criança interior não vai ser uma Tarsila do Amaral logo no primeiro quadro, tampouco uma Clarice Lispector nos primeiros textos, então, vamos segurar a autocrítica! Mesmo que você seja uma veterana -- em qualquer coisa que se proponha a fazer --, você deve se permitir ser uma principiante.

A autora recomenda diversos exercícios no livro, mas selecionei os três mais importantes:

Reprodução

1. Faça um diário
Para saber como resgatar sua criatividade, você deve saber onde encontrá-la. Então, levante todos os dias meia hora mais cedo. Separe um caderno especificamente para este exercício e escreva três páginas de um diário, de preferência à mão, sobre o seu fluxo de consciência.

Você pode escrever sobre qualquer coisa que vier na cabeça e não se preocupe com a forma, pois não é para ser artística, literária e brilhante. Ninguém vai ler essas páginas, exceto você -- mas leia apenas depois da oitava semana.


2. Encontro criativo com você mesma
Uma vez por semana, passeie sozinha. Tua artista interior passa a maior parte do tempo escondida dentro de uma mulher séria. Mas lembre-se: tua artista é uma criança que precisa ser levada para passear. Precisa ser mimada e escutada. Portanto, vá ao cinema, à praia, ao museu…

O importante é que ninguém vá com você, e a autora lembra que “falta de dinheiro” não deve ser um obstáculo. Você pode ir a um bairro que vivem muitos estrangeiros, passear em um parque ou até mesmo à uma papelaria ver coisas coloridas e fofas.

Reprodução

3. Vidas imaginárias
Essa eu achei sensacional! A ideia aqui é: se você tivesse a oportunidade de ter outras 5 vidas além da que tem, quais seriam elas? Nesse caso é bom não pensar muito, apenas escrever. Eu por exemplo seria: pilota de avião, atriz de Hollywood, médica no MSF, bailarina e juíza.

Depois de fazer essa lista, observe as qualidades que precisa ter para cada uma dessas vidas e escolha uma. Por exemplo, você gostaria de ter uma banda. Que tal tentar tocar guitarra essa semana?


Acompanhe a série de posts “Manual da criatividade”. E se você colocar em prática essas dicas, use a hashtag #dicatrintaria. Até mais, pessoal!

Daniela

siga @trintaria